meridian
home current issue editorial board reader survey submissions archive


Utilização da Tecnologia para o Desenvolvimento de Professores Globais:
Um Modelo Inovador

Harriett S. Stubbs

Translation
All Tasks Traduções

Revision
Mariana Reis
Instituto Sangari

Technical Revision
Patricia Maria Schubert Peres
Centro de Biologia Marinha – USP

Arlita McNamee
Coordenadora de Projetos Sociais
Instituto Sangari

www.institutosangari.org.br

Page 4

print this article email this article save this article

1 | 2 | 3 | 4


Resumo: Não julgue sem antes experimentar

Essas jornadas assentaram as fundações para futuras experiências de desenvolvimento com impacto mais amplo do que esperávamos. Uma professora de ciências, participante em 2005, juntamente com sua professora de estudos sociais, desenvolveram de forma cooperativa uma unidade completa a ser lecionada no ano seguinte, utilizando o caderno de notas criado no local com muitas atividades, sites da web e materiais adicionais. Outro professor desenvolveu uma apresentação em PowerPoint com fotos e vídeos impressionantes a serem utilizados em sua sala de aula e para compartilhar com outras pessoas em sua comunidade local. O Dr. William Cunningham, Cientista da Equipe na viagem de 2004, incluiu seções em seus livros-texto de ciência ambiental. Cunningham comentou que levou um tempo para compreender a imensidade e significância de sua experiência no Brasil. Ele incluiu um estudo de caso brasileiro em seu novo texto para estudantes do colegial e de nível superior (Cunningham, Cunningham, & Saigo, 2007).

Michael Tally, Supervisor de Ciências em um grande distrito escolar metropolitano, escreveu:

Eu me senti honrado em participar da delegação no Brasil em 2004. Essa experiência educacional internacional ajudou-me a refinar meu interesse por educação global. Ela me ajudou a organizar e gerenciar métodos inovadores de ensino de ciências, aprendidos com outras pessoas e outras culturas. Os colegas profissionais com os quais tive contato serão lembrados pelo resto de minha vida. A visita despertou meu desejo de explorar o mundo. Eu assumi o compromisso comigo mesmo de melhorar os relacionamentos com meus pares e os educadores brasileiros. Ao realizar uma viagem, você observa coisas só vistas anteriormente em livros ou filmes. Você realmente entende mais sobre esse mundo pequeno. Eu mudei a forma de pensar sobre os EUA e o mundo. Não temos todas as respostas. O pensamento coletivo de todos nós tem (essas respostas). Eu sempre dizia, ‘A forma de avaliar alguma coisa é – após ela ter ocorrido, perguntar a você mesmo, eu faria novamente? Minha resposta é um sonoro sim,' Eu vou visitar o Brasil novamente e em breve.

A experiência anterior dos pesquisadores tem demonstrado que a aprendizagem experimental em novos ambientes pode estimular os professores a colaborar em atividades de desenvolvimento profissional que expandem exponencialmente os conhecimentos e habilidades (Howe & Stubbs, 1998). Este tipo de experiência pode ter um caráter de transformação para os participantes. Ela também pode ser esclarecedora para a comunidade ao reunir especialistas com educadores de todas as séries. Esses educadores são a base na qual os estudantes são expostos pela primeira vez ao contato com ciência, pesquisa, meio ambiente e oportunidades de carreiras estimulantes e gratificantes que podem impactar as várias comunidades globais que seus professores revelam.

Finalmente, essas experiências têm comprovado que um estudo-piloto para delinear técnicas, estratégias e metodologias a serem utilizadas no futuro, como esse tipo de desenvolvimento profissional, atingem públicos cada vez maiores. Sabemos o que funciona e o que não funciona. Acreditamos que esse modelo poderá ser expandido para um maior número de professores viajantes. Este modelo poderá ser exportado para o estudo da educação, do meio ambiente e da cultura de outros países. Dessa forma, ele poderá promover a transferência subseqüente aos estudantes por meio do desenvolvimento do “professor global”. Podemos seguir a liderança de Thomas Friedman (2005), que afirmou às suas próprias crianças,

… o mundo precisa que vocês sejam sempre a … geração de otimistas estratégicos, a geração com mais sonhos do que memórias, a geração que acorda a cada manhã e não somente imagina que as coisas podem ser melhores, mas também age para tornar aquela imaginação uma realidade a cada dia (p. 169).

Agradecimentos :

Gostaríamos de agradecer: Ben Sangari, Presidente do Instituto Sangari, por seu apoio e compromisso nesse projeto; Bianca Rinzler, Ingrid Imenez, organizadora e educadora da Sangari, Arlita McNamee, e a equipe do Instituto Sangari; John Penick, Departamento de Educação em Matemática, Ciências e Tecnologia, NCSU; Sharlene Simon, NCSU, Alex Davis e Dee Davis, equipe SCI-LINK, por sua ajuda e incentivo. Além disso, estamos em débito com todos os participantes desse tipo único de experiência de desenvolvimento profissional internacional para educadores. No final de 2008, informaremos os resultados das atividades desenvolvidas pelos participantes, com as reações dos estudantes e as respostas da comunidade.

Sobre a autora

Dr Stubbs

 

 

 

Harriett S. Stubbs, Ph.D . é Professora Associada Emérita, membro do Departamento de Educação em Matemática, Ciências e Tecnologia desde 1988, e trabalha no Gabinete de Desenvolvimento Profissional na North Carolina State University. Ela é Diretora dos Projetos SCI-LINK/ GLOBE-NET, autora de livros e artigos, palestrante sobre metodologias e estratégias para o desenvolvimento profissional de educadores e tópicos ambientais de interesse para o ensino e a aprendizagem. Nos últimos cinco anos, ela desenvolveu e coordenou experiências de desenvolvimento profissional internacional para educadores no Brasil e por mais de 25 anos nos EUA.

Email Harriet S. Stubbs

Referências

Anderson, N. D. (1993). SCI-LINK: A project linking research scientists and science teachers. Journal of Science Teacher Education. 4 (2), 44-50.

Bornstein, D. (2004). How to change the world: Social entrepreneurs and the power of new ideas . N. Y., N. Y.: Oxford University Press.

Friedman, T. L. (2005). The world is flat: A brief history of the twenty-first century . New York, N. Y.: Farrar, Straus, & Giroux.

Cunningham, William P., Cunningham, M.A. & Saigo, B. W. (2007). Environmental science: A global concern. (9th ed.) New York, N. Y.: McGraw Hill.

Howe, A. C., & Stubbs, H.S. (1998). "Empowering science teachers: A model for professional development." Journal of Science Teacher Education 8 (3), 167-182.

Howe, A. C., & Stubbs, H.S. (2003). "From science teacher to teacher leader:
Leadership development as meaning making in a community of practice." Science Education 87 . 281-297. Or Wiley Periodicals, Inc.

Nobel, J., Draffen, A., Jones, R., McAsey, C., & Pinheiro, L. (2002). Brazil (5th ed.) . Oakland, CA.: Lonely Planet.

Pearson, D. L., & Beletsky, L. (2005). Brazil: Amazon & Pantanal . Northhampton, MA: Interlink Books

Sangari, B. (2007). Fazer menos, muitas vezes, é fazer mais.  Linha Direta:113(8) , 34-35. São Paulo, Brasil.   

Spence, L., Stubbs, H.S. & Huber, R.A. (2000).  TELEE. THE Journal, 28 (2), 25-30.

Stubbs, H. S., Devine, H., & Hagevik, R. (2002). Thinking Spatially: GIS Curricula K-16 and Professional Development for Educators . In Proceedings of an IOSTE Conference 2002. International Organization of Science Technology Educators, Foz do Iguaçu, Brasil. Julho. 280-286.

Stubbs, H. S. & Anderson, N.D. (1995). GLOBE-NET: A partnership of research scientists and teachers for the development of instructional materials on global change . In Proceedings of an IOSTE Conference1994. International Organization of Science and Technology Educators, Enschede, The Netherlands: National Institute for Curriculum Development (SLO). 817-832. 

Stubbs, H. S., & Howe, A. (1997). Evolving from Teacher to Teacher Leader: The Challenge for Change . In Proceedings of the Annual Meeting of the National Association for the Research in Science Teaching, Chicago, Ill., March 21-24.Hatano, G., & Oura, Y. (2003). Reconceptualizing transfer using insight from expertise research. Educational Researcher, 32 (8), 26-29.

White, C., (2004). The middle mind; Why Americans don't think for themselves . San Francisco, CA: Harper Collins Publishers.

Outras informações úteis no planejamento de uma viagem internacional:

Guias de viagem . Pode ser difícil localizar guias de viagem ou guias de identificação em inglês. Esta situação está mudando à medida que novos livros são publicados e sites da web são estabelecidos. Se eles não estiverem disponíveis, obtenha livros, folhetos e artigos do país a ser visitado e disponibilize-os aos participantes. Todos os anos, um número crescente de dicionários e CDs de diferentes programas é disponibilizado.

Sites da web . Os sites da web especificamente mencionados nesse artigo são:
            SCI-LINK                       www.ncsu.edu/scilink
            Instituto Sangari        www.institutosangari.org.br

Os sites da web do país específico são úteis para o projeto e o planejamento de uma experiência internacional, bem como sites como o de destinos de viagem do New York Times, agências locais de viagens do país, publicações governamentais (nacionais e estaduais), tanto no país de Origem como no país de Cooperação. Filmes, literatura, cultura (comidas, costumes, festividades, vestuário, música, danças) são todos tópicos de interesse de professores e estudantes. Certifique-se de consultar os sites do CDC, da Embaixada e do Departamento de Estado nos EUA.

Tradução
All Tasks Traduções

Revisão
Mariana Reis
Instituto Sangari

Revisão Técnica
Patricia Maria Schubert Peres
Centro de Biologia Marinha – USP

Arlita McNamee
Coordenadora de Projetos Sociais
Instituto Sangari

Tel.  55 11 3474-7585
Cel. 55 11 7872-7322
Next. 55*82*59162
Fax.  55 11 3474-7597
www.institutosangari.org.br

Page 4

previous

1 | 2 | 3 | 4



Current Issue | Editorial Board | Reader Survey | Special Honors
Submissions | Resources | Archive | Text Version | Email
NC State Homepage


Meridian: A Middle School Computer Technologies Journal
a service of NC State University, Raleigh, NC
Volume 12, Issue 1, 2009
ISSN 1097-9778
URL: http://www.ncsu.edu/meridian/winter2009/
Contact Meridian
All rights reserved by the authors.



Meridian is a member of the GEM Consortium